• notícias
  • textos
  • play-list

notícias

 
  • SEXTANTE E PEDRO ALMEIDA VIEIRA RESCINDEM CONTRATO

    Obras de ficção deixam de ser comercializadas pela chancela da Porto Editora no final deste ano.

    Capa de «Corja Maldita»

    Por mútuo acordo, Pedro Almeida Vieira e a Sextante, editora integrada no Grupo Porto Editora, rescindiram o contrato de edição para obras de ficção que fora assinado em Março de 2010.

    No decurso desse contrato, a Sextante editou o romance original «Corja Maldita», em 2010, tendo também reeditados os romances anteriores de Pedro Almeida Vieira: «Nove Mil Passos», «O Profeta do Castigo Divino» e «Corja Maldita».

    Esta decisão, tomada por iniciativa de Pedro Almeida Vieira, sucede após o Grupo Porto Editota ter decidido, unilateralmente e de forma considerada desrespeitosa pelo autor, o financiamento da base de dados biblioHistória, que em todo o caso manterá o seu funcionamento autónomo.

    No âmbito deste acordo de rescisão, a Porto Editora cessará os direitos de comercialização de todas as obras de Pedro Almeida Vieira a partir de 1 de Janeiro de 2014.

    Maio

    • Sextante e Pedro Almeida Vieira rescindem contrato
    • Pedro Almeida Vieira na Feira do Livro de Lisboa
    • Lançamento de «Crime e Castigo - O povo não é sereno»

    Abril

    • Segundo livro sobre crimes históricos marca regresso de Pedro Almeida Vieira
    • Centazzi «dá» menção honrosa a Pedro Almeida Vieira

    Março

    • Antologia de contos com participação de Pedro Almeida Vieira

    Fevereiro

    • Financiamento para a biblioHistória ultrapassa objectivo

    Janeiro

    • Debate sobre cultura anima noite em Setúbal
    • BiblioHistóra em campanha de angariação de fundos
    início